terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Conversões Agressivas

Sexta feira...dia da Senhora...recebi uma ligação aqui em casa. Era uma parente minha...prima...animada para passar aqui em casa...fazer visita com a família...queria saber se minha mãe estava. Eu disse que não...e que talvez logo ela chegasse...algo dentro de mim quis mentir...e dizer que ela ia demorar e que eu ia sair....mas peguei um hábito ruim de dizer verdades...que acabou se revelando além de muito inconveniente...uma dor de cabeça.

Acontece que minha mãe chegou...e eu avisei pra ela da ligação. Ela ligou para minha prima e ela disse que viria nos visitar. Então eu me preparei psicológicamente para o que estava por vir.

Acontece que eu ando meio debilitada. Coisa energética...chakras e tal. Um ataque meio violento de rinite...uma dor de cabeça forte. Enfim...o pior aconteceu.

Não tenho nada contra minha prima...nem a filha dela, catita do meu coração. Mas tenho uma profunda repulsa...aversão...diria ódio se fosse em outra época...do marido dela...

A anos esse homem tenta me converter....um evangélico de olhos que brilham com o fanatismo e as idéias fixas de "uma única verdade"...Acho que quase todos já nos deparamos com um tipo assim. Mas precisava ver o poço de preconceito.

No estado que eu estava, fiz apenas uma coisa: escutei tudo...deixei ele falar infinitamente (2 horas contadas...gente...como eu consegui?)...discordando...mas ouvindo pacientemente. As pessoas da família já se sentiam incomodadas...pois queriam conversar comigo também...e ele lá pregando.

Porque eu não rasguei o verbo de uma vez por todas e não disse que sou bruxa e que se foda? Bom....simples...eu estava debilitada energéticamente. Minha mãe não me apóia...pelo contrário. E eles estavam em maioria. Minha estratégia era deixar que ele dissesse tudo o que sempre quis...e esgotasse seus argumentos...pra nunca mais pensar em mim...nem voltar pra mim seus pensamentos e orações. E afinal que razão há em se discutir com alguém que não tem a mente aberta? O máximo que eu consegui fazer foi não dar armas (informações) pra que ele não pudesse me atacar =/

Me perguntou da minha "tribo"...queria saber qual o caminho que eu estava seguindo...e eu confesso que não disse...disse que apenas estava estudando diversas religiões (no que ele me "corrigiu" dizendo que só existe uma religião...o resto é heresia...seita) U.U"" muita paciência nessa hora colega....

Ele falou sobre umbandistas....budistas....destilou veneno e suspeitas...dúvidas que se eu não tivesse estudado e conhecido pessoas desse caminho...poderia pensar até que eles eram coitados, perversos e perdidos. Em tudo que ele falava...ele olhava pra mim meio confuso. Eu explico porque: Ele esperava que eu estivesse depressiva no fundo do poço.

Dizia direto: "Mas eu me surpreendi!! Você está muito bem!!"...e por dentro eu pensava...lógico! E porque estaria mal? Eu acredito na Deusa!
Ele ficou sabendo que eu tinha sido mandada embora do emprego...e com o fim do namoro...pensou que agora era a hora ¬¬"
Falou que eu era terreno fértil...uma pessoa de natureza dócil...que seria uma ótima evangélica. Tentou insuflar meu coração com desejos de sabedoria...com dúvidas de danação eterna...com dúvidas de pós morte.
(tinha que ver o que se passou na minha cabeça essa hora....minha deusa........eu evangélica xD)

E quando ele falou do milagre que é ser mãe?......*vira os olhos*

Bom....mas isso não foi o pior...ah não foi....o pior foi quando acabou isso tudo...com a deixa da dúvida "procura sim...um lugar sério...busca jesus...e ai você vai ver...sua vida mudar..."
Ele partiu pra oração...................

Eu quis morrer.......

Uma gritaria dos infernos...dois pastores dentro da minha casa >___< a única coisa que eu pude fazer foi cobrir meu chakra umbilical e visualizar um circulo ao meu redor. Se eu corresse pra dentro do meu quarto (que era o lugar que eu não podia deixar eles nem pensarem em visitar) eles iriam atrás.

Foram embora...

Eu me sentia suja e mal...aquela energia rançosa e caótica ao meu redor...

Colhi alecrim...fiz um banho com ele e sal grosso...acendi vela ...trouxe cristais e incenso pro banho...e lá fui eu me lavar disso...

Enquanto depender de mim...eu nunca mais vou permitir que eles entrem na minha casa...Mas se entrarem...posso ter a certeza clara na mente...isso não se repetirá mais.


5 comentários:

Luciana Onofre disse...

Indico teu blog ao Prêmio Dardos, te convido a passar no Crianças Pagãs e colher o selo.
E repassá-lo a blogs que incentivem a cultura na net.

O que é o Prêmio Dardos?

"Com o Prêmio Dardos reconhecem-se os valores que cada blogueiro emprega ao transmitir valores culturais, éticos,literários, pessoais, etc. que, em suma, demonstram a sua criatividade através do pensamento vivo que está e permanece intacto entre as suas letras, entre as suas palavras. Esses selos foram criados com a intenção de promover a confraternização entre os blogueiros, uma forma de demonstrar carinho e reconhecimento por um trabalho que agregue valor à Web.”

Besos,

Luciana


http://criancapaga.blogspot.com/

Semente Sagrada disse...

Olá!

Li seu texto e lamento pelas coisas que passou dentro daquilo que deveria ser o seu refúgio contra ataques de outros.

Ainda bem que a convivência com minha mãe evangélica se dá em melhores bases!!!

Fico feliz pela sua ótima presença de espírito. Outras pessoas, em suas condições físicas, colocaria a culpa na Deusa e afins.

Você demonstrou força, e isto não é pouca coisa.

Abraços!!!

Chá das 5 a meia-noite disse...

Menina, que sufoco! Mas ainda bem, que mesmo debilitada a Deusa te deu a serenidade que como vc bem falou: vc nao deu armas para ele te atacar. Da próxima vez diga que está com enxaqueca enorme e saia, caso vc nao queira ir para o embate!Adorei a proteção que vc fez a si mesma ao proteger seu umbigo e fazer a mentalização. Costumo também me envolver e a quem quero num círculo de algum cor. Lendo no seu perfil, concordo com vc qdo no final fala do objetivo da bruxa, hoje "ensaiamos" com a ajuda dos objetos,para mais a frente termos o poder de ser unidade e cosmo em uníssono. Adorei seu blog. Como vc nao tem dsponibilizado seguidores só linkarei seu blog no meu. Blessed Be.

Chá das 5 a meia-noite disse...

Ola Salix Sam, adorei sua visita. E mais ainda da sua intenção...orar a Deusa,com o caldeirão...né? cada qual com seu qual? Sim, a intolerâcia é a pior cegueira. Mas coitados nao tiveram tempo de escolher, foram condicionados! Obrigada por me linkar também. Agora estou numa nova fase, um novo ciclo se abriu e entre as coisas boas é minha aproximaçao mais a Deusa, está tudo vindo na hora certa. Tudo tem seu tempo certo para acontecer, mas temos que estar preprarados também.Beijinho, srta Virginiana, as mulheres laboriosas do Zodíaco.

Luciana Onofre disse...

Faz o feitiço do me esquece:

nome dele, queima e joga em água corrente!!!!

se melhor então nome dele dentro de uma pimenta dedo de moça. amarra e deixa ao relento, o que sobrar enterra!