sábado, 12 de setembro de 2009

[Árvores Anciãs]

[Hyperion]

Esses dias eu tenho me interessado bastante por coisas antigas...História da antiguidade...civilizações antigas...construções antigas...circulos de pedras...árvores.

Então me deparei com as sequóias...e as árvores mais altas e mais antigas do mundo. A Hyperion, uma sequóia encontrada na Califórnia, EUA, é a árvore mais alta do mundo! Com 115m de altura e largura de uns 4,5m!

A Hyperion foi descoberta no Parque Nacional Redwood, ao norte de São Francisco, no dia 8 de setembro de 2006 (dia do meu aniversário *-* ) por uma equipe de cientistas americanos, Chris Atkins e Michael Taylor, que se dedicou a percorrer as florestas localizadas na região litorânea da Califórnia. No mesmo mês, o dr Steve Sillett subiu a Hyperion com uma fita métrica, filmado pela National Geographic.

O local, durante anos, serviu de área de extração para empresas madeireiras e também não cumpre com as condições que, até agora, tinham sido pensadas como idôneas para abrigar as espécies de árvores gigantes.

A Califórnia é também o berço da árvore mais volumosa do mundo, a sequóia gigante General Sherman, no Parque Nacional das Sequóias, e da mais velha, chamada Matusalém, que tem cerca de 4.650 anos!!!


[o que sobrou da Prometheus]

Existia uma mais antiga, chamada Prometheus...que tinha quase 5.000 anos! Mas ela foi cortada...por um pesquisador americano (leia-se aqui filho da puta) chamado Donald R. Curray. Ele queria pesquisar a Idade do Gelo Menor...datar ruinas...saber a idade da árvore e assim poder pesquisar o clima e coisas do tipo. Não preciso nem dizer que isso era uma coisa completamente desnecessária, visto haverem árvores mais jovens que essa onde ele poderia pesquisar...e ele sabia que ela era muito muito velha...só de olhar era possivel perceber.
Mas isso faz tempo...1964...e desde então, a morte de Prometheus repercutiu nas pessoas um movimento para proteção do bosque das árvores velhas...e do parque onde a Prometheus vivia.

Havia ainda uma árvore chamada Wawona, que ficou conhecida como Árvore Túnel. Ela foi uma famosa sequóia gigante, que vivia no Parque Nacional Yosemite, num local chamado Mariposa Groove, EUA. Tinha 69m de altura e 27m de circunferência.

Em 1881, um túnel foi escavado na base de seu tronco, a partir de uma passagem estreita feita pelo fogo, por dois homens que receberam US$ 75,00 pelo trabalho.... A árvore com um túnel se tornou uma atração popular, com viajantes e turistas tirando milhares de fotos em sua passagem, de carruagens, no século dezenove a automóveis, até os anos sessenta.


[Wawona]

Agora vê se tem necessidade de fazer uma coisa dessas com a árvore! A coisa mais idiota e absurda! Ridícula eu até diria! Revoltante!
A árvore Wawona caiu em 1969, por causa do acúmulo de neve, mais de duas toneladas, em seus galhos. Sua idade foi estimada em 2.300 anos e agora é chamada de árvore do túnel caída =/

[Árvore mais antiga do Brasil]

A árvore mais antiga do País é um jequitibá-rosa do Parque Estadual de Vassununga, que se localiza no município de Santa Rita do Passa Quatro, a 253 km de São Paulo. Com aproximadamente 3 mil anos de idade, a árvore tem 40 m de altura e cerca de 3.60 m de diâmetro.

Segundo a Prefeitura do município, a quantidade de madeira produzida por este jequitibá-rosa seria de 190 m3, o que poderia construir aproximadamente 15 mil cadeiras. Estima-se que o exemplar é do ano de 1020 a.e.c.
(agora olha a comparação dessas pessoas......"a madeira poderia produzir 15 mim CADEIRAS"!...como se a poha de uma cadeira fosse mais valiosa que a vida da árvore =/)

Não sei...talvez seja coisa da minha cabeça também...de tanto reclamar da mentalidade dos outros...pode ser que a louca seja eu...=/
Não dura muito meu entusiasmo pesquisando coisas em que a humanidade se mete....pessoas sempre arranjam um jeito de fazer cagadas estrombólicas =/
Eu sempre acabo me deprimindo com essas coisas >_<

Mas só de imaginar que árvores tão magnificas existem...tão antigas...eu gostaria de poder tocar numa dessas...só de imaginar...é algo emocionante ;_;

Fontes:
Terra Biologia
M. D. Vaden Tree & Landscape

Wikipédia
Wawona
Prometheus

6 comentários:

([salix sam]) disse...

Uma vez...eu li um conto no livro da Ciranda das Mulheres Sábias...que falava sobre uma antiga árvore...falava sobre um milagre...

Depois eu posto um pedaço aqui...

Ton Owl disse...

ola moça tudo bemmm super comcordo com vc realmente as pessoas se esquecem que as arvores tem vida e são parte de nós.
Agora menina adorei o jeito que vc escreve gostei demais vou voltar varias vezes para lerrr rsrsrsrrs
espero que tenha gostado do coruja de cerrydwen tb
bênçãos dos antigos
ton owl

b disse...

A primeira vez que vi uma Sequoia foi em aula de geografia há muuuuiiiiito tempo e me apaixonei.
Tenho uma amiga que tem um amigo que é fotógrafo e ele tem uma foto tirada no jardim do Palácio de D.Pedro II cá na cidade, foto esta que ao ser revelada, apresentou um monte de gnomos trepados nas árvores.
Eu ví e isso nem foi no tempo de truques com computador, foi há uns 10 anos e tá lá.
Só prá constar.
Abraços.

Jose Ramon Santana Vazquez disse...

Desde mis BLOGS:

--- HORAS ROTAS ---

y

--- AULA DE PAZ ----

quiero presentarme

en esta nueva apertura

del eminente otoño.

Tiempo que aprovecho

ahora para desear

un feliz reingreso en

la actividad diaria.

Así como INVITAROS

a mis BLOGS:

--- HORAS ROTAS ---

y

--- AULA DE PAZ ----

con el deseo de que

estos sean del agrado

personal.

Momentos para compartir

con un fuerte abrazo de

emociones, imaginación y

paz. Abiertos a la comunicación

siempre.


afectuosamente :
o bruxaria paga







jose

ramon…

Nydia disse...

Sou louca por árvores, principalmente as antigas, centenárias. Aqui onde moro, Petrópolis, é um prato cheio, com centenas delas. Lindas, sempre, e sempre que posso,abraço memso! :o)

Beijos da Nydia.

Green Womyn disse...

Bom, amo árvores, então adorei este post! Obrigada pelas informações!

Neste fim de semana fiquei ouvindo uma palestra sobre árvores (a palestra foi dada em Minas Gerais, no espaço do Trigueirinho, e gravada em CD).